publicado dia 16/08/2017

Cinco mitos sobre a atuação dos conselheiros tutelares

por

– “Ei, conselheiro tutelar, meu filho se comportou mal. Você pode dar uma bronca nele?”

– “Conselheiro, você consegue resolver o caso da minha pensão alimentícia?”

Entre os mais de 30 mil conselheiros tutelares no Brasil, a maioria já ouviu as perguntas acima. E teve de, pacientemente, respondê-las, indicando os encaminhamentos corretos.

Crédito: Arquivo Agência Brasil

Crédito: Arquivo Agência Brasil

Os mitos que envolvem o trabalho dos conselheiros são o foco da nova coluna “Tira-Dúvidas”, de Daniel Péres, neste mês de agosto.

Nós somos zeladores da infância. Aplicamos medidas de proteção. Cumprimos o papel de orientar os casos relacionados aos direitos das crianças e dos adolescentes para as entidades responsáveis”, diz Péres, conselheiro tutelar de Guapimirim (RJ) e administrador da página “Fala, Conselheiro”.

Envie suas dúvidas!

Confira novo vídeo e participe da coluna! Envie suas perguntas nos comentários da página ou pelo Facebook da Rede Peteca.