publicado dia 25/10/2018

Livro sobre trabalho infantil no tráfico será lançando com apresentação dos pesquisadores em SP

29/10/2018

Imagem: Dafne Sampaio

O livro “Trabalho Infantil entre as Piores Formas de Trabalho Infantil: mercados, famílias e redes de proteção social” será lançado na segunda-feira (29), às 14h, durante a Reunião Plenária do Fórum Paulista de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil (FPPETI).

A publicação  é fruto de uma pesquisa realizada pelo Centro Brasileiro de Análise de Planejamento (Cebrap), sob a coordenação da socióloga *Ana Paula Galdeano, que apresentará o livro ao lado do antropólogo **Paulo Malvasi, um dos pesquisadores.

O trabalho trata da abordagem ambígua presente no imaginário brasileiro sobre as respostas públicas diante do envolvimento de adolescentes no tráfico de drogas, com base em investigações de campo conduzidas em três regiões da cidade de São Paulo: Sapopemba [Zona Leste], Vila Maria [Zona Norte] e Sé [Centro]. 

O que se pretende discutir são as interpretações dadas ao comércio varejista de entorpecentes por adolescentes, prática que se encontra em uma fronteira jurídica: por um lado, é entendida como ato infracional, passível de punição por meio do cumprimento de medidas socioeducativas prevista no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA); por outro, configura-se como uma das piores e mais degradantes formas de trabalho infantil, conforme estabelecido pela convenção 182 da Organização Internacional do Trabalho  (OIT).

O livro retrata a dinâmica dos mercados informais, as condições de vida das famílias e os dilemas de implementação da Política Socioeducativa em Meio-Aberto na cidade de São Paulo.

Por meio do trabalho de campo, da reconstrução de trajetórias,  e da aplicação de questionários e mapas georreferenciados, os autores buscaram, com a publicação, construir conhecimento sobre a realidade desses adolescentes e identificar os obstáculos para a efetividade das politicas socioeducativas.

Para ampliar o debate entorno dessa discussão fundamental relacionada aos direitos dos adolescentes, a Rede Peteca – Chega de Trabalho Infantil e o Fórum Paulista de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil convida a todos para participar de um bate-papo com os pesquisadores no dia 29 de outubro.

 

*Ana Paula Galdeano é socióloga, doutora em Ciências Sociais (Unicamp) e pesquisadora do Núcleo de Etnografias Urbanas do Cebrap.
** Paulo Malvasi é antropólogo e doutor em Saúde Pública (USP). Realiza pesquisas com jovens em situação de vulnerabilidade desde 1996. Pesquisador do Neu/Cebrap desde 2009, é autor de diversos artigos científicos sobre os temas juventude, periferia, drogas e violência. É autor do livro “Violentamente pacíficos: desconstruindo a associação juventude e Violência” (2010).
O trabalho também contou com a coordenação de Ronaldo Almeida e a participação dos pesquisadores Deborah From, Gregório Diniz, Evorah Cardoso, Thiago Godói e Daniel Waldvogel.

O quê

Lançamento do livro

Quando

29/10/2018 entre 14:00 e 16:00

Onde

Auditório do Ministério Público do Trabalho: Rua Cubatão, 322 - Metrô Paraíso

Inscrições

17/10/2018 - 29/10/2018

Mais informações

Inscrições gratuitas