publicado dia 22/12/2017

Retrospectiva 2017: Quem são os atores da rede de proteção da infância e adolescência?

por

Conselheiros tutelares, assistentes sociais, psicólogos, agentes comunitários de saúde, defensores públicos, educadores sociais… A lista de profissionais é imensa, e todos eles são imprescindíveis na luta pelo fim do trabalho infantil no nosso país.

Na seção “Quem atua”, contamos em detalhes como é o dia a dia de cada ator do Sistema de Garantia de Direitos. Abaixo, alguns dos perfis escritos em 2017. Confira!

Agente comunitário de saúde

Agente Comunitária de Saúde. Crédito: Leticia Scheifer

Agente Comunitária de Saúde. Crédito: Leticia Scheifer

Assistente social

Crédito: Shutterstock

Crédito: shutterstock

Auditor fiscal do trabalho

Auditor do Trabalho fiscaliza atividades em Roraima / Divulgação: Fetiba/Bahia

Auditor do Trabalho fiscaliza atividades em Roraima / Divulgação: Fetiba/Bahia

Conselheiro tutelar

As leis em tramitação relacionadas ao Conselho Tutelar. Crédito: Agência Senado

Crédito: Agência Senado

Crédito: Agência Senado

Defensor público

Peter Gabriel Molinari, defensor público do Estado de SP

Peter Gabriel Molinari, defensor público do Estado de SP

Educador Social

Qual o papel do educador social? (Crédito: Reprodução do Portal Vermelho).

Crédito: Reprodução do Portal Vermelho)

Procurador do trabalho

Tiago Ranieri de Oliveira, Procurador do Ministério Público do Trabalho (MPT) em Goiás - curso Aparecida

Tiago Ranieri de Oliveira, Procurador do Ministério Público do Trabalho (MPT) em Goiás. Crédito: Bruna Ribeiro

Psicólogo

Qual é o papel do psicólogo no combate ao trabalho infantil? A foto mostra uma prossional conversando com um garoto, ambos sem identificação dos rostos, para preservar a imagem. Crédito: iStock

Crédito: iStock

Terapeuta ocupacional

Criança brinca com jogo educativo

Crédito: Shutterstock

 

 

A importância das ações em rede para a proteção da infância