publicado dia 10/04/2017

“Basta de violência contra conselheiros tutelares!”

por

“Os conselheiros tutelares são zeladores, protetores da infância. Mas quem os protege?”, questiona, indignado, o especialista Daniel Péres ao comentar o mais recente atentado contra profissionais da área.

Na noite de sábado (8), uma equipe do Conselho Tutelar de Cuiabá foi gravemente ferida durante o resgate de uma criança que estava em situação de risco.

De acordo com o boletim de ocorrência registrado pela Polícia Militar, a mãe estava alterada (sob efeito de álcool ou drogas) e esfaqueou os três profissionais: a monitora foi atingida no abdômen, a conselheira sofreu cortes na orelha e no rosto. O outro conselheiro teve o braço atingido. Todos sobreviveram. A mulher foi presa pela PM.

“Estamos abandonados, desprotegidos. Algo precisa ser feito para a proteção dos conselheiros em todo o país”, analisa Péres, administrador da página Fala, Conselheiro! e parceiro da Rede Peteca na seção “Tira-Dúvidas” . Confira a opinião do especialista sobre o caso: