publicado dia 11/06/2018

Dia Mundial de Combate ao Trabalho infantil marca estreia de campanha da Rede Peteca

por

copa sem trabalho infantil

Com o início da Copa do Mundo nesta semana (em 14 de junho), a tendência é que os bares de São Paulo tenham um aumento no número de clientes, gerando, também, uma maior presença de vendedores ambulantes nos arredores destes locais.

É neste contexto que a Rede Peteca – Chega de Trabalho Infantil , em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social de São Paulo e a Cabify, e com apoio da Sociedade Amigos da Vila Madalena (Savima), realizará a campanha Copa Sem Trabalho Infantil. A iniciativa busca combater violações de direitos de crianças e adolescentes que atuam no comércio ambulante, especialmente em regiões boêmias, como a Vila Madalena, na Zona Oeste, a Vila Olímpia, na Zona Sul, e outras áreas espalhadas por diversas regiões da cidade.

A campanha teve seu pré-lançamento em 6 de junho, no clássico entre Corinthians e Santos, pelo Campeonato Brasileiro. No início e no intervalo da partida, foi exibido um vídeo sobre o tema no telão da Arena Corinthians, em São Paulo.

Ações

Nesta terça-feira, 12 de junho, Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil, foi realizado o lançamento oficial da campanha por meio de diversas atividades que visam sensibilizar clientes e funcionários de bares sobre o que fazer diante de casos de trabalho infantil.

Orientadores sociais da Prefeitura irão circular na Vila Madalena, Vila Olímpia e outras regiões distribuindo cartazes em bares, comércios e equipamentos públicos. Também distribuirão flyers para clientes dos estabelecimentos, com informações explicando o que trabalho infantil e como os cidadãos podem ajudar, enviando informações pelo Canal 156. 

Em São Paulo, Disque 156  para enviar informações sobre crianças trabalhando. Também é possível registrar a informação pelo site SP 156 

Em outras cidades do Brasil, Disque 100 para enviar informações

Trabalho infantil na Vila Madalena. Crédito: Marcello Vitorino/Rede Peteca

Paralelamente à distribuição do material informativo, haverá um reforço na busca ativa já realizada diariamente pelos orientadores sociais da Prefeitura. Eles estarão circulando em seus distritos para identificar e encaminhar crianças e adolescentes em situação de trabalho infantil ao Serviços Especializados de Assistência Social (SEAS), de acordo com o endereço de origem da família. Por isso é importante dar o maior número de detalhes possível ao enviar sua informação.

As ações vão até o dia 14 de julho, data da final da Copa, e terão como prioridade os jogos do Brasil, nos quais há maior concentração de público. A partir do dia 17 de junho, estreia da seleção brasileira na competição, os orientadores irão circular com uma camiseta especial da campanha, sendo facilmente identificáveis.

Além da distribuição de materiais informativos, a hashtag #chegadetrabalhoinfantil  renderá desconto no app de transporte Cabify, entre 12 e 30 de junho.

O tema também receberá divulgação online pelas redes sociais da Rede Peteca e de parceiros, por meio de cobertura jornalística e postagem de peças específicas no Facebook e Instagram.

A Campanha buscará também incentivar o envolvimento de atletas, visando garantir apoiadores da causa no universo do esporte, em especial, do futebol, para ampliar a disseminação da temática, uma das grandes responsáveis por uma série de violações a crianças e adolescentes.

Entre 2007 e 2017, 40.849 meninos e meninas sofreram acidentes de trabalho, sendo 24.654 de forma grave, segundo dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan) do Ministério da Saúde.

Outras 236 crianças e adolescentes perderam a vida nesse período. Além disso, o trabalho infantil aumenta os riscos de abuso sexual, consumo de drogas, aliciamento pelo tráfico, má formação física, traumas psicológicos e acidentes, como atropelamentos, entre outros graves problemas.

Abaixo, um dos modelos de cartazes que estão sendo distribuídos por toda a cidade. Você também pode fazer o download das peças, vídeo e gif e ajudar a campanha mobilizando sua rede. Baixe os materiais aqui!

cartaz rede peteca

Pelas ruas e bares: o trabalho infantil que ninguém vê, na Vila Madalena (SP)