A vez e a voz da juventude: adolescentes viajam por 10 estados para falar de participação cidadã

por

“A Caravana da Participação é a junção dos mais diversos processos de participação de meninos e meninas. É a celebração da democracia.” Confira, abaixo, o texto do jovem atuante Felipe Caetano, de 16 anos, morador do Ceará, sobre o projeto que levará aos nove Estados do Nordeste e ao Pará (Região Norte) a importância da manifestação jovem no cenário político e social.


Somos a Caravana pelo Direito à Participação, formada por adolescentes e jovens de todos os estados brasileiros reunidos em um grupo chamado Conapeti. Temos vez, temos voz e começamos 2018 com o pé na estrada.

Neste mês de janeiro, eu, Davida Albuquerque (também de 16 anos e minha conterrânea cearense), e Mário Emmanuel, de 19 anos (direto de Pernambuco), viajaremos por 10 Estados (os nove do Nordeste e também no Pará, na Região Norte). Davida faz parte de um outro núcleo parceiro ao Conapeti, o Núcleo de Cidadania dos Adolescentes (NUCA).

Primeiro Encontro Nacional dos Adolescentes Contra o Trabalho Infantil

Crédito: Rodrigo Carvalho

Em cada parada, realizaremos rodas de conversas, debates, pesquisas e oficinas sobre a história da participação e a situação atual da participação cidadã.

Esse movimento vai muito além de uma simples caravana. Acreditamos ser a prova de que, por meio do direito à participação, a transformação social ocorre e as políticas públicas são realmente efetivadas.

Ao final do processo, construiremos um livro, reunindo os detalhes das viagens. Um livro com a cara de criança e adolescente que sabe e luta pelos seus direitos.

Agenda

A partir de segunda-feira, 8, passaremos 30 em Alagoas, Bahia, Ceará, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Maranhão, Rio Grande do Norte, Sergipe.

Participarão diretamente dos encontros mais de 4 mil meninos e meninas, dos mais diversos grupos sociais, das mais diversas culturas, das mais diversas formas de participação.

Tudo organizado por Crianças e Adolescentes para crianças e adolescentes, a fim de construir de espaços menos adultocêntricos, e mais com a nossa cara!

Temos diversos e importantes parceiros (Conapeti, Ministério Público do Ceará – MPT-CE, Universidade Federal de Pernambuco – UFRPE, Laboratório de História das Infâncias do Nordeste – LAHIN, NUCA, ONGs, Conselhos tutelares e de Direitos), mas uma coisa nos destaca: a maioria dos mobilizadores nos Estados são adolescentes, mostrando a verdadeira participação desde a construção inicial do projeto-  não apenas  quando ocorrem as oficinas.

É isso que eu chamo de “Participação Espontânea”, na qual é feita no dia a dia com a mesma vontade de transformação! Acompanhe nosso Diário de Bordo no Facebook do Conapeti!